fbpx

A inteligência emocional é um assunto muito discutido atualmente, especialmente no campo profissional. Afinal de contas, trata-se de uma skill importante para lidar com as demandas que surgem no decorrer do caminho de forma inteligente e estratégica. Sem contar que é uma característica que não apenas beneficia o campo profissional, mas também o pessoal.

Quer saber mais sobre o assunto? Nesse post iremos te mostrar como a inteligência emocional é de suma importância para um profissionalismo de sucesso, e como ela também afeta a sua vida fora do ambiente de trabalho.

Boa leitura!

Inteligência emocional: o que é?

A inteligência emocional é a capacidade de uma pessoa compreender suas próprias emoções, e com base nessa percepção, realizar uma boa comunicação, sem que fatores externos ou internos possam afetar suas atividades pessoais ou profissionais.

Com isso, percebemos que o uso da inteligência emocional é de suma importância para contribuir com relações ainda mais sólidas — e não somente no quesito amoroso, mas como também com a família, amigos, colaboradores e parceiros. Além disso, sabemos que precisamos de maturidade para ter sucesso em todas as áreas da vida, especialmente nas atividades de negócio.

Afinal, quanto maior for o conhecimento que uma pessoa tem de si mesma, melhor será o seu modelo de tomar decisões que beneficiem a sua vida.

Como saber se estou trabalhando bem a minha inteligência emocional?

Para entendermos de fato de somos pessoas emocionalmente inteligentes, precisamos analisar alguns atributos importantes, como por exemplo:

  • Autogestão: por meio dessa ação, é possível sentir-se apto e no total controle para realizar um controle mais efetivo de sentimentos e emoções de uma maneira mais saudável – independente dos contratempos que surgem, seja de caráter laboral ou pessoal;
  • Autoconsciência: nesse atributo, a pessoa consegue realizar a identificação de emoções que costumam afetá-la mais, principalmente a forma em que ela tende a reagir a diversas situações. Logo, ela toma medidas cabíveis e inteligentes para contornar tais problemas de maneira eficiente;
  • Gestão de relacionamentos: por último e não menos importante, é ter a habilidade de fazer bons relacionamentos através de uma excelente comunicação, além de trabalhar em equipe e resolver conflitos de maneira prática e rápida;

Por que a inteligência emocional é importante?

Para este tópico, podemos listar diversos motivos para ressaltar a importância da inteligência emocional. Confira abaixo alguns importantes:

1. Mais desempenho no seu ambiente de trabalho

Antes de tudo, quando temos uma inteligência emocional bem desenvolvida, começamos a explorar nossa capacidade de lidar com as dificuldades que surgem no ambiente laboral, especialmente nos processos sociais. Nesse ponto, percebemos que a inteligência emocional é extremamente importante para líderes.

Um exemplo a citar disso é no momento de realizar a contratação de novos colaboradores, já que colocamos nossa inteligência emocional em primeiro lugar para avaliar os melhores perfis durante o processo de recrutamento e seleção. Outro exemplo da importância da inteligência emocional é quando nos deparamos com situações desafiadoras em nosso posto de trabalho.

Uma ferramenta nova, uma demanda ou estratégia diferente, uma meta a ser cumprida etc. Todas essas ações podem ser devidamente cumpridas e concluídas quando temos a inteligência emocional necessária para contorná-las com estratégia, autoconhecimento, profissionalismo e paciência.

2. Mais saúde

Não é de se esperar que a saúde mental esteja inteiramente relacionada à nossa saúde física. Afinal, tudo que o cérebro cria e projeta, o corpo acaba sentindo. Portanto, quando temos mais inteligência para lidar com nossas emoções, passamos a ter mais saúde física, reduzindo chances de problemas do coração, do intestino, dor e rigidez muscular, entre outros.

3. Melhora os relacionamentos

Seja de forma profissional ou pessoal, os relacionamentos passam a ser muito melhores quando adquirimos inteligência emocional. Afinal, é através dela que conseguimos ter tolerância com pessoas que pensam e concordam sobre valores e princípios diferentes dos seus.

O respeito é crucial para uma boa convivência. No entanto, também adquirimos a habilidade para entender se de fato aquela pessoa merece estar em nossa equipe ou até mesmo em nosso círculo de amizades.

Como ter inteligência emocional?

Sabendo do conceito e a devida importância da inteligência emocional para o nosso dia a dia, podemos citar algumas ações estratégias para desenvolver esse comportamento mental. Confira algumas dicas abaixo:

1. Tenha calma

O primeiro passo para estimular a inteligência emocional em sua vida, é, primeiramente, manter a calma. Sabemos que crises e estresses tendem a nos fazer sair do nosso próprio eixo, promovendo mais dificuldades para executar tarefas e lidar com pessoas. Com isso, tendemos a perder o foco das coisas.

Portanto, tenha em mente a necessidade de manter a calma em todas as situações, para que assim você consiga enxergar a situação da maneira que é, e não da forma em que a sua mente está projetando. Exercícios como meditação e foco total na respiração podem te guiar nesse estado.

2. Adquira uma visão sistêmica do processo

Quando uma crise ocorre e atinge a estrutura de um processo profissional, devemos, primeiramente, entender o seu impacto em todo o negócio, a fim de encontrar as melhores soluções para resolver o problema em questão.

Para isso, devemos adquirir uma visão mais sistêmica, enxergando os processos de forma macro e avaliando as variáveis que podem entrar para te ajudar a contornar ou resolver o problema.

3. Tenha uma boa comunicação

Uma excelente característica de inteligência emocional, e que precisa ser estimulada constantemente, é a comunicação. Afinal de contas, é através dela que conseguimos enviar a mensagem ao receptor da maneira correta, sem ruídos e sem a necessidade de gerar algum problema pessoal.

Trabalhe uma comunicação clara, objetiva, mas que ao mesmo tempo seja confiável e divertida. Fazendo isso, você não apenas oferece uma maneira clara de concluir atividades profissionais, mas também tem a oportunidade de ser bem interpretado e reconhecido por promover ideias excelentes.

Lembre-se: muita gente tem ideias brilhantes, mas não sabem externalizá-las.

Conclusão

De fato, a inteligência emocional é um fator prioritário para quem deseja ter sucesso em diversas áreas da vida. Afinal de contas, trabalhar esse tipo de inteligência molda completamente a nossa visão de mundo e a maneira como enxergamos as dificuldades que permeiam nosso dia, além dos acontecimentos e imprevistos que fazem parte da rotina de qualquer pessoa.

Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?