fbpx

Você sabe o que é de fato uma identidade visual? Nossa aparência, a forma como nos comportamos e nossa personalidade fazem parte da nossa identidade como seres humanos. É ela que faz com que outras pessoas nos reconheçam e lembrem da gente, entre milhões de pessoas diferentes.

Pode ser mais difícil de entender, mas para as marcas, a identidade visual também tem o seu valor.

Construir uma identidade visual sólida faz parte da estratégia de comunicação de empresas que apostam e investem no marketing de qualidade. O resultado: uma marca harmonizada e que consegue encantar os clientes.

Caso contrário, poucas pessoas verão coerência na empresa, o que dificulta a conversão.

Explicaremos agora o conceito por trás dessa estratégia e a importância dela para saúde de um negócio ou empreendimento.

O que é identidade visual?

Identidade visual de uma marca é o conjunto gráfico e visual, que reflete fatores importantes, como personalidade e até o próprio nome do empreendimento. A construção deve reunir e expor ao mundo informações valiosas sobre a empresa, como os seus valores, sua visão de mundo e sociedade, bem como o que ela é.

A ideia é parecida com a identidade de uma pessoa. Sempre haverá uma característica, como roupas, cabelo ou preferências, que deixará claro, para quem vê, quem a pessoa é e do que ela gosta. Ela, conforme falamos, ajuda as pessoas a serem diferenciadas e lembradas.

Para que as marcas também guardem o seu lugar na cabeça do povo, buscam definir e destacar o que as fazem únicas. Essa estratégia é uma aliada para empresas que atuam em um nicho com muitos concorrentes. Companhias mais esquecidas durante a jornada de compra ficam para trás.

Nós sabemos que em muitos aspectos da vida, não é a primeira impressão que temos de algo que importa de verdade. Mas não podemos negar que se for positiva, já está ganhando pontos conosco. Isso vale para as marcas também, já que a primeira coisa que consumimos é o seu nome, sua logo e suas cores.

Quando falamos da personalidade de uma empresa em forma de estratégia, pensamos em algo bem trabalhado e coerente. Não basta ser um trabalho superficial. Bons exemplos de cases positivos no mercado são aquelas marcas que nós reconhecemos apenas pela cor ou pela fonte utilizada, por exemplo.

Mas como identificar os elementos que compõem a identidade visual de um negócio? Além da tipografia e das cores, que já comentamos, fique atento também à logomarca e aos conteúdos de redes sociais, por exemplo, como a capa ou um simples post. Esses materiais, quando bem trabalhados, contêm traços da identidade.

Por que investir em uma?

Já explicamos que existem marcas com identidades poderosas por aí… Podemos reconhecer uma delas quando sabemos de quem estão falando quando mostram apenas uma fonte ou uma paleta de cores única.

Essas empresas que vêm fácil à cabeça das pessoas não poderiam ter tido um resultado mais positivo com a estratégia de identidade adotada. Afinal, qual negócio tem chance de dar melhor quando um cliente avalia a compra?

Uma companhia facilmente lembrada e reconhecida ou aquela que ninguém nunca viu ou, pelo menos, não reconheceu de primeira? Parabéns para quem respondeu opção 1!

O reconhecimento de marca para algumas empresas foi trabalhado de forma tão brilhante que apenas a logomarca funciona como assinatura. Ao bater o olho num ícone ou em um desenho que simbolize a logo, é possível identificar de quem estamos falando. O investimento feito para construir esse poder, com certeza, foi recompensado.

Vamos começar?

Portanto, a principal justificativa para começar a trabalhar logo a identidade visual da sua marca é gerar reconhecimento. Como já explicamos, quem opta por não investir na estratégia corre o risco de disputar espaço com opções pouco relevantes no mercado como ele mesmo.

Já as empresas que têm uma cadeira cativa no nosso cotidiano, conseguiram mostrar o seu valor. Quanto mais forte for a presença e o impacto dos vários elementos de uma identidade na nossa vida, maior será a nossa sensação de proximidade com a marca, quem sabe até mesmo necessidade de consumir aquele produto ou serviço.

Assim que a identidade visual estiver consolidada na mente do consumidor, a jornada de compra será um processo mais fácil e, praticamente, automático. Isso significa que o lead lembrará da empresa com identidade sólida e isso fará diferença quando ele precisar de algum produto ou serviço.

Dessa forma, podemos concluir que a identidade visual é um processo de anos e, quando bem construída, é capaz de gerar mais engajamento e pertencimento aos potenciais compradores. A maior vantagem disso tudo: aumentar as vendas e o número de leads.

Como construir uma boa identidade visual para sua empresa

Elaborar uma identidade visual não é uma tarefa feita do dia para a noite. É preciso cumprir etapas e, principalmente, reunir as referências que farão parte do conjunto gráfico em questão.

Normalmente, nesse processo, a equipe desenvolve um manual de identidade de marca, para que as próximas pessoas que passem por ali saibam como usar corretamente o conceito e as técnicas.

Portanto, o primeiro passo é reunir dados necessários para elaborar um briefing completo. Aqui, é preciso responder perguntas “pessoais” para a marca, como: quem é você e o que é o seu diferencial?

Em seguida, marque um brainstorm com a equipe de design ou de criação. Essa é a fase em que todas as ideias têm valor. Lembre-se de sempre levar em consideração quem é a persona da marca. Tudo tem que ser feito pensando nessa “pessoa”.

Depois de reunir ideias, analisar conceitos e teorias, é hora de colocar a mão na massa e testar a técnica dessa galera. Teste cores, imagens, formas e formatos. Erre bastante, para no final ter um resultado bom! A equipe de design, agora, é a responsável por dar vida a uma ideia e torná-la inesquecível.

Se você gostou do conteúdo e deseja saber mais sobre o universo de agências de publicidade, entre no nosso site e descubra novas possibilidades de gestão!

Open chat
1
Olá! 👋 Podemos te ajudar?
Olá! 👋
Podemos te ajudar?