fbpx

Se você tem interesse em saber mais sobre Automação de Marketing, continue aqui conosco. Vamos citar um exemplo extremamente simples para você entender melhor a situação. Vamos imaginar que você é um vendedor de tapetes e que passa de casa em casa vendendo seu tapete.

Isso é totalmente manual e custoso, se tratando do tempo que você precisa para visitar novos clientes e até mesmo seus clientes antigos.

É praticamente impossível escalar o negócio, vender em grande quantidade, a não ser que você contrate 100 ou 200 vendedores e comece a visitar diversos bairros de uma só vez.

Vamos imaginar que mil pessoas acessem seu site, 98% das pessoas ainda não conhecem você, não conhecem o seu produto, se é bom ou ruim, não sabem se realmente precisam do seu produto, entre outros fatores.

Você pode ir lá e desenvolver uma planilha que vai ajudar essa pessoa a se planejar financeiramente para comprar o primeiro imóvel. Você está oferecendo um conteúdo que vai ajudar o possível cliente nessa necessidade que ele está tendo, que é comprar uma casa.

A partir do momento que você atrai pessoas que estão interessados em determinado assunto é hora de converter essas pessoas, de conseguir algum tipo de informação dessa pessoa, para você começar um relacionamento.

Por exemplo, você possui uma Landing Page para divulgar essa planilha de planejamento financeiro, assim, para o usuário baixar a planilha ele precisa deixar o nome e o e-mail. Se você tiver mil pessoas visitando essa página, não são todos que vão deixar os dados de contato. Aí já está a primeira segmentação que você vai estar fazendo.

Desta forma, você já faz a primeira segmentação, já sabe que tipo de comunicação vai utilizar com essa pessoa que decidiu baixar a planilha. Após você converter essa pessoa, assim que você tem os dados dela, seja o nome, e-mail, telefone, você vai começar a se relacionar com ela.

Quando você se relaciona, oferece mais conteúdos ricos e que agregam valor para esse possível cliente. Você mostra que é uma autoridade, mostra que possui experiência na sua área, porque você está ajudando em dificuldades que ele possui.

Leia mais: Fique de olho nas últimas tendências do Marketing Digital.

A importância do relacionamento

Fazendo isso você começa a ganhar confiança desse usuário. Tire como exemplo você mesmo. Se você comprar algo de algum desconhecido, é bem raro, não é? Você prefere comprar um livro em uma livraria conhecida e bem conceituada ou de uma outra livraria online, não tão conhecida?

É importante se relacionar com seu possível cliente e quebrar as principais objeções, oferecer muito conteúdo de valor, só depois é hora de fazer uma oferta. Por isso, é necessário muito relacionamento, e fazer com que processos sejam automatizados e você possa oferecer conteúdos e produtos de forma inteligente e escalável.

Leia mais: Como melhorar o relacionamento entre a agência e o cliente.

Quais são as principais ferramentas de automação existentes?

É concebível que, devido à rápida expansão da indústria, os produtos de software de automação sejam enormes. A seguir, citaremos o que consideramos a melhor ferramenta de Automação de Marketing.

1. RD Station

É uma plataforma desenvolvida pela Resultados Digitais, que é uma das referências de marketing do Brasil. Seu modelo de atendimento é SaaS, e o software disponibilizado possui tudo o que é indispensável para sua empresa. As possibilidades oferecidas pela RD Station incluem:

  • Agendamento e disparo de e-mail;
  • Fluxo de nutrientes na alimentação;
  • Crie uma página de destino;
  • Lançamento agendado nas redes sociais;

Análise de chumbo. Então, vamos imaginar que sua empresa faça um bom trabalho de marketing por e-mail, segmentando clientes em potencial e enviando mensagens personalizadas para cada grupo. Nesse caso, acionar um e-mail em um momento específico é fundamental para atrair personagens.

2. HubSpot

Quando falamos em marketing digital ou de conteúdo, a HubSpot, criadora do conceito de inbound marketing, é outra referência. Como esperado, sua plataforma é uma das plataformas mais completas que você pode encontrar no mercado. Ele pode facilmente gerenciar clientes em potencial, espalhar notícias nas mídias sociais e gerar análises completas de indicadores.

A primeira tela do HubSpot tem estatísticas como taxas de conversão e desempenho do blog ou da página de destino. Na segunda aba, você pode acessar um de seus recursos mais importantes: pontuação de leads. Considerando vários critérios ao mesmo tempo, a plataforma cria uma pontuação para indicar se os clientes em potencial estão prontos para receber contatos.

Com esse tipo de informação, a ferramenta pode reduzir significativamente o valor do CAC (custo de aquisição por cliente). Isso ocorre porque, ao entrar em contato apenas com os consumidores potenciais indicados pela pontuação do cliente potencial, sua empresa pode evitar investimentos desnecessários em contatos que podem ser infrutíferos.

A HubSpot também se destaca pela gestão de conteúdo, que é um dos pilares do inbound marketing. A plataforma permite o gerenciamento direto de blogs, sites, publicidade, marketing e, claro, atividades de marketing por e-mail.

3. Mailchimp

Você deve ter notado que mencionamos o marketing por e-mail nas duas últimas recomendações de ferramentas automatizadas. Isso não é acidental.

O uso de ferramentas nessas atividades tem um impacto extremamente positivo e é cada vez mais importante para o sucesso da estratégia. Portanto, não é de admirar que a terceira plataforma da lista se concentre na otimização das atividades de marketing por e-mail. Este é o MailChimp, que é um software livre que usa um simpático macaco como mascote e tem muitas vantagens como presente.

Não existe uma versão em português, mas sua interface simples e intuitiva remove esse obstáculo. MailChimp permite integração direta com redes sociais e permite a criação de anúncios no Facebook, Instagram e Google sem qualquer complexidade adicional. Ele também pode agendar acionadores de e-mail e monitorar atividades que apresentam os melhores resultados.

Assim como uma ferramenta de e-mail marketing, o MailChimp facilita a segmentação de contatos. Dessa forma, você pode se concentrar em alcançar as pessoas certas da maneira mais eficaz.

Por exemplo, os clientes que abandonam seu carrinho de compras antes de concluir uma compra no e-commerce podem receber uma mensagem incentivando-os a retornar ao site e fazer uma transação.

4. Campanhas ativas

Não está muito familiarizado com o uso de ferramentas de automação, tem medo de aprender na hora? Veja as campanhas ativas. Esta ferramenta foi projetada para promover a experiência do usuário. Isso é conseguido através de uma interface visualmente atrativa e muito amigável.

Como uma de suas principais vantagens competitivas, os serviços prestados pela plataforma são muito úteis para as estratégias de marketing geográfico. Usando-o, você pode determinar onde um cliente potencial está quando recebe um e-mail.

Gostou do post? Então, compartilhe em suas redes sociais!

Curti 1
Não curti 0
Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?