fbpx

Onboarding, também conhecido como socialização organizacional, é uma estratégia que foi desenvolvida, segundo historiadores, em 1970, como uma solução capaz de integrar novos colaboradores ao ambiente organizacional, de maneira a fazer com que adquiram os conhecimentos culturais que são compartilhados nesse espaço, como os que dizem respeito aos valores, princípios éticos e Filosofia, por exemplo.

Você gostaria de saber mais a respeito do onboarding, o que é, a importância desse mecanismo para o sucesso de um negócio e como implementá-lo em sua empresa? Continue a leitura.

Afinal, o que é onboarding?

Onboarding é uma palavra de origem inglesa que significa, em português, embarcando. Traduzido para o português, onboarding é um termo que faz todo sentido, quando descobrimos o que é esse conceito.

Mas, e então, onboarding é um termo que se refere a um conjunto de procedimentos ou técnicas que têm como principal objetivo adaptar e capacitar os profissionais recém-contratados ou ingressados em uma empresa, em sua cultura, para ser mais preciso.

Agora que você sabe melhor o que é o onboarding, certamente fez sentido para você a noção de “embarcar”. Metaforicamente, podemos compreender embarcar nesse contexto como mergulhar na cultura da organização, com o objetivo de se integrar aos seus:

– Valores;

– Ética;

– Filosofia;

– Atitudes;

– Etc.

Ainda que num primeiro momento possa parecer um processo fácil, o onboarding é desafiador, no sentido de que não é nada fácil introduzir um novo profissional ao contexto cultural de uma empresa, considerando que ele apresenta, muitas vezes, valores que não são compatíveis com os dela.

É preciso, assim, trabalhá-lo para que se torne um membro organizacional, capaz de usar suas habilidades e técnicas para o crescimento desta.

Podemos dizer que o onboarding é um processo que busca alinhar atitudes com o objetivo de fazer com que uma organização alcance seus objetivos com maior velocidade, como uma cultura ou identidade forte, tanto internamente, como externamente.

Importância do onboarding para o sucesso de um negócio

Onboarding é uma estratégia de socialização e alinhamento de atitudes, que tem como principal objetivo fazer com que uma organização alcance seus objetivos com maior velocidade, como dissemos. É por isso que é importante e deve ser adotado por toda e qualquer empresa que deseja isso.

É um mecanismo estratégico, que pode oferecer, vale dizer, diversos benefícios para uma organização, como por exemplo:


Leia mais: Gestão de pessoas | Pense na sua agência como um todo.

1. Preparação dos colaboradores para cumprir uma rotina produtiva

Geralmente, quando a empresa tem o onboarding como estratégia de integração, os colaboradores são melhor preparados para cumprir, com eficiência e produtividade, as suas atividades diárias.

Isso porque esse mecanismo possibilita que os novos funcionários conheçam de maneira profunda como suas atribuições, ou seja, atividades, competências etc., são realizadas no âmbito da empresa, especificamente pelo departamento em que trabalharão. Com isso, eles têm ciência da qualidade dos serviços e podem se comportar no dia a dia observando isso.

2. Conhecimento da cultura organizacional

Outro motivo pelo qual vale a pena adotar o onboarding como estratégia em uma empresa é o fato de que proporciona, de uma maneira global, que os novos funcionários mergulhem na cultura da organização, conhecendo seu modo de agir, bem como seus valores e ética.

Com base nesse conhecimento, eles podem modular suas ações, para que assim estejam dentro das expectativas da organização.

Além disso, eles podem sentir a cultura da organização e, tendo isso como base, verificar se ela está dentro de suas expectativas.

3. Motivação dos colaboradores

Onboarding também colabora para que os novos profissionais se sintam mais motivados para realizar seu trabalho dando tudo de si. Na prática, a empresa pode conquistar com maior eficiência seus objetivos e, assim, se destacar no mercado.

A motivação pode ser gerada quando o novo funcionário percebe que a empresa se preocupou com sua integração em seu ambiente, fazendo com que conhecesse seus:

– Valores;

– Cultura;

– Ética;

– Princípios;

– Entre outros aspectos necessários para uma formação organizacional eficaz.

4. Alinhamento de expectativas

Por fim, como já dissemos, o onboarding promove o alinhamento de expectativas, tanto por parte da empresa, como por parte dos novos colaboradores.

Aplicando essa estratégia, a empresa garante que os novos profissionais atendam suas expectativas, e eles esperam atendê-las, para que assim possam se desenvolver no ambiente organizacional, alcançando promoções, entre outras vantagens.

Como implementar o onboarding em sua empresa?

A implementação do onboarding em uma empresa é complexa, requerendo planejamento, é importante dizer isso. No entanto, é possível se nortear com relação à aplicação dessa solução em sua empresa, a partir de alguns passos que formulamos, a seguir:

Passo 1: onboarding começa na entrevista

Alguns especialistas defendem que é possível aplicar o onboarding já na entrevista, ou seja, quando se está buscando por novos talentos.

Nesse momento, o responsável pelo processo seletivo deve falar brevemente a respeito das atribuições do cargo, bem como da cultura da organização, deixando claro qual é o perfil que se busca para ocupar a vaga.

Passo 2: conformismo (regras, políticas, regulamentos legais etc.)

O processo de integração começa mesmo a partir dessa etapa, que é chamada de conformismo. Nesse momento, a responsável pela integração deve apresentar aos novos colaboradores as regras, regulamentos legais e políticas da empresa.

Geralmente, isso é feito a partir de uma exposição oral, bem como com a entrega de documentos que regulam a conduta do novo profissional.

Passo 3: esclarecimento quanto às atribuições profissionais

Mesmo que essa fase seja abordada na entrevista, é fato que muitos novos profissionais ficam com dúvidas sobre o modo de fazer da empresa em relação a certas atribuições.

Assim sendo, é fundamental que a organização deixe claro quais são as atividades que os novos profissionais devem fazer, bem como as expectativas em torno delas.

Passo 4: imersão na cultura (missão, visão, valores etc.)

Esse passo pode ser realizado tanto teoricamente, com manuais de conduta etc., como na prática, com visita a certos ambientes da empresa. Aqui, busca-se integrar profundamente o novo profissional na cultura da organização, tanto no sentido formal, como informal, vale dizer.

Como se pode visualizar, o onboarding é um processo complexo, que requer planejamento, para que assim a empresa obtenha sucesso, no sentido de integrar os novos profissionais à sua cultura e, dessa maneira, alinhar suas expectativas.

Gostou deste conteúdo e gostaria de ler outros? Em caso de resposta positiva, não deixe de acompanhar as publicações em nosso blog. Combinado?

Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?