A modalidade de trabalho em home office oferece muitos benefícios, tanto para o profissional como para o contratante. Por isso, já é amplamente empregada em diversos setores, inclusive entre as agências de publicidade, em diferentes departamentos, do comercial ao criativo.

No entanto, é bom ter em mente que trabalhar de casa também tem seus desafios. Em meio a liberdade e o conforto do lar, é muito mais fácil perder o foco e, com isso, experimentar uma queda na produtividade.

Por isso, se você quer (ou precisa) migrar para um formato de trabalho remoto ou pretende implementar esta modalidade com os colaboradores da sua agência, é muito importante avaliar com calma todos os aspectos desta rotina. Do uso das ferramentas comunicacionais ao impacto na integração entre os diversos setores do negócio.

Ficou interessado no assunto? Então continue lendo e conheça neste artigo 8 dicas para produzir mais trabalhando em home office.

1. Organização acima de tudo

Uma das principais dicas para home office, é: organização! Se você pretende ser bem-sucedido na sua rotina home office, a organização é um fator-chave! Sem a observação constante de seus superiores, você pode se perder nas tarefas, misturar funções de casa com as do trabalho, esquecer de determinadas demandas, etc. Com isso, a sua produtividade cai e os níveis de stress sobem.

Por isso, é essencial que você crie uma rotina bem organizada para manter seus jobs sob controle. Neste quesito, contar com calendários, listas e sistemas que lhe permitam visualizar a totalidade das demandas pode te ajudar a manter a ordem e, com isso, os seus níveis de produtividade.

2. Seu corpo está em casa, sua mente não

Uma das grandes vantagens de trabalhar em home office é a flexibilidade que o formato agrega à sua rotina. No entanto, para que o trabalho remoto funcione bem, é importante que você se desconecte de outras distrações, assim como faria se estivesse comparecendo ao escritório.

Para fazer isso, designe um tempo diário para dedicar aos seus jobs, com hora de início e finalização marcadas. Dessa forma, você não mistura as coisas e garante que a sua vida pessoal não interfira na profissional. (Caso você trabalhe full time em home office).

Aqui, novamente, o calendário e a agenda são os seus melhores amigos. Neles, você deve marcar suas atividades, separando:

  • Hora certa para as tarefas domésticas;
  • Tempo para os compromissos de trabalho;
  • Pausas para descanso (fundamentais para alavancar sua produtividade!);
  • Tempo para compromissos pessoais;
  • Tempo para o lazer.

Assim, você garante que não vai ter conflitos de horários e que conseguirá um bom equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

3. Desenvolva suas habilidades de priorização

Saber como priorizar as tarefas é fundamental para desfrutar da liberdade que o trabalho em casa pode lhe oferecer. Mas saiba que priorizar vai muito além de separar os jobs por proximidade do deadline.

Para designar quais tarefas devem ser iniciadas e quando, é preciso estimar seu nível de complexidade. Para isso, você precisa saber, por exemplo:

  • A quantidade de trabalho que um job demanda;
  • As diferentes etapas de trabalho para concluir o job;
  • Necessidade de coordenação com outros membros da equipe (como é o caso das duplas de criação, por exemplo);
  • O tempo necessário para finalizar cada etapa de um trabalho.

Assim, contar com um sistema que lhe possibilite analisar os briefings de forma eficiente é fundamental. Dessa maneira, você pode priorizar corretamente suas tarefas e encaixá-las em janelas de tempo viáveis para garantir a entrega dentro dos prazos. Conheça o Publi!

4. Organização sem disciplina não vai te levar muito longe

Já comentamos sobre a importância da organização dentro das dicas de como fazer home office, mas, sem disciplina, tudo pode ir por água abaixo. Você elaborou uma agenda diária que funciona para a sua rotina, com um bom equilíbrio entre assuntos pessoais, trabalho, pausas para descanso e lazer. Analisou seus jobs e fez uma lista de prioridades, encaixando cada um na janela de tempo adequada para a entrega.

É agora que começa o trabalho propriamente dito!

De nada adianta você se organizar e priorizar os jobs corretamente se você não executar esta programação com disciplina. Em casa, você pode perder o controle dos seus intervalos, assim como procrastinar jobs importantes ou até mesmo deixar o trabalho invadir o tempo que você deveria dedicar à sua família, seus amigos ou seus hobbies.

Por isso, lembre-se: trabalhar em home office é um constante exercício de disciplina!

5. Deixe janelas livres para emergências

Esta é uma dica importante. Digamos que você tenha se aprimorado na organização e já domina seu cotidiano de trabalho remoto, entregando os jobs nos prazos e equilibrando seus compromissos pessoais e profissionais.

Então, surge um job urgente. O que você faz? Se realizá-lo de imediato, pode acabar atrasando outras tarefas já agendadas. Se deixar pra depois, pode perder o prazo. Por isso, é importante organizar suas tarefas com disponibilização de algumas horas além do estimado para realizá-las, bem como com janelas livres periódicas, para encaixe de jobs de última hora.

Portanto, com esta metodologia, na pior das hipóteses, você vai terminar suas tarefas mais cedo ou ter espaços livres na sua rotina diária de home office. Este tempo você pode investir em estudos, projetos pessoais ou em si mesmo, o que, em última análise, contribui (e muito) para a sua produtividade!

6. Monitore o seu tempo

Principalmente nas primeiras semanas de home office, pode ser um pouco difícil determinar com precisão quanto tempo você precisará para realizar suas tarefas. Acompanhar de perto quantas horas de trabalho um projeto ajuda você a organizar sua rotina, além de lhe permitir observar objetivamente o aumento da sua eficiência conforme você executa uma tarefa semelhante repetidas vezes.

Por fim, contabilizar o tempo é extremamente importante quando o job será pago por horas trabalhadas. Você pode indicar plataformas de controle de horas para que o contratante acompanhe o tempo dedicado a um job e realize o pagamento justo por ele.

Para te ajudar a monitorar o tempo da maneira correta, conheça a ferramenta de timesheet.

7. Tire suas dúvidas antes de começar

Mesmo com as ferramentas digitais, a distância pode causar certo atraso na comunicação entre você e o contratante ou com outros membros da equipe. Por isso, antes de iniciar um job, certifique-se de estar alinhado com os demais envolvidos, para reduzir a perda de tempo com retrabalho ou retirada de dúvidas. Um software integrado de gestão pode te ajudar nessa tarefa, já que, todo esse processo pode ser otimizado dentro do próprio sistema. Ficou curioso? Clique aqui e saiba mais.

Contudo, inevitavelmente vão surgir interrogações durante a execução de uma ou outra tarefa. Por isso, na sua estimativa de tempo para cada job, lembre-se de deixar uma sobrinha para dedicar a possíveis paradas para esclarecimentos. Aos poucos você vai se ajustando a rotina de como fazer home office.

8. Crie condições de trabalho adequadas

Não são só os softwares e as ferramentas digitais que vão te proporcionar boa produtividade no trabalho remoto. O ambiente também é muito importante.

Certifique-se de montar uma estação de trabalho adequada, onde você tenha conforto e ergonomia para desempenhar suas tarefas, em um lugar com o mínimo de interrupções possíveis. Mesmo assim, se ocasionalmente você tiver dificuldade de se concentrar ou se sentir desanimado, mudar de ares pode até ser a solução.

Nestes casos, experimente ir trabalhar em outro cenário, como uma biblioteca, cafeteria, coworking, etc.

Agora que você já conhece todas essas dicas para trabalhar em home office, chegou a hora de colocar a mão na massa. E nada melhor para facilitar a gestão das tarefas do que contar com uma plataforma que auxilie na comunicação interna, contabilização, organização e no agendamento dos jobs, não é mesmo?

Conheça o Publi e descubra como ele pode ajudar a tornar o home office mais produtivo para os profissionais de agências de publicidade. Dúvidas? Fale conosco!

E aí, gostou das dicas? Então, compartilhe com os seus amigos que também trabalham em home office!