fbpx

A comunicação é fundamental no marketing, sua agência usa e abusa dela para criar campanhas maravilhosas todos os dias. Mas, você sabe como melhorar a comunicação entre a sua agência e os clientes? As reuniões devem terminar com muitas anotações e ideias a serem pensadas e criadas, não desentendimentos.

Se o segundo cenário é comum para sua agência, é preciso aperfeiçoar a comunicação da sua equipe, a fim de tirar proveito ao máximo das demandas do cliente e entregar de fato o que ele precisa. Para isso precisamos aperfeiçoar a linguagem e nos preparar, então, continue a leitura para saber dicas cruciais para melhorar de vez a comunicação entre a sua agência e os clientes!

Leia mais: Conheça os diferentes tipos de agência que existem na comunicação.

Ter uma equipe que saiba ouvir

Se na comunicação usada na vida temos que saber ouvir o outro, quem dirá na hora de conversar com o cliente da agência, não é mesmo? Afinal, o erro de muitos profissionais é pensar que sua expertise permite que apenas ele fale durante a reunião com o cliente.

Por mais que seus conhecimentos sejam vastos, e eles devem ser, você precisa ouvir o cliente para compreender as dores que ele tem. A partir das necessidades desse empresário é que você vai criar soluções de marketing para ele atingir resultados maravilhosos, que é o objetivo desse relacionamento.

Então, a dica é que você tenha uma escuta ativa, ferramenta usada na comunicação para tornar o diálogo mais eficiente. Isso quer dizer parar tudo e prestar total atenção no que o outro está dizendo, observando palavras, gestos, expressões faciais, enfim.

Fazer as perguntas certas na comunicação entre sua agência e os clientes

Agora que vai trabalhar a escuta ativa, vai ver que as explicações do seu cliente podem ser um tanto confusas, ele pode ter dificuldades na hora de se expressar, o que é muito comum. Lembre-se que nem todas as pessoas estão acostumadas com o universo do marketing.

Assim, você pode encontrar clientes que não saibam dizer exatamente a relação entre o que ele está dizendo e os objetivos com a campanha. Isso representa um perigo para a criação do briefing e todas as estratégias geradas a partir dele.

Portanto, é preciso identificar primeiro quais as demandas desse cliente, para depois criar o briefing e prosseguir no atendimento. Mas, como fazer isso? A resposta é perguntar! Com isso, aprendendo com os setores de vendas, sabemos que fazer perguntas ajuda o consumidor a estabelecer mais lucidez para suas ideias.

As perguntas certas fazem toda a diferença para ajudar no raciocínio do seu cliente, ele consegue expressar de maneira mais clara o que deseja. O resultado é um cliente mais tranquilo, porque percebe que você e sua equipe entenderam o que ele deseja.

Fale a linguagem do seu cliente

Para boa comunicação primeiro falamos o mesmo idioma, segundo, ficamos mais próximos da linguagem do nosso interlocutor. Utilize esse raciocínio na hora de se comunicar com os clientes nas reuniões, tirando um pouco o “marketês” do vocabulário.

Por muitas vezes, você vai precisar traduzir as demandas do cliente para seus termos técnicos, mas não tem necessidade de despejar essas expressões nos seus clientes. Então, ao mesmo tempo que você transforma o que ele diz em conceitos do seu mundo, faça o contrário por seus contratantes.

Em outras palavras, passe a traduzir o que você para ele em uma linguagem mais simples, do dia a dia. Se a campanha não está de acordo com a persona, explique que as pessoas que poderiam comprar o produto dele não vão gostar disso, que a ideia não faz as pessoas sentirem vontade de comprar.

Assim, você nem precisa utilizar o termo persona se não quiser, entende? O objetivo principal da reunião é entrar em acordo, não mostrar termos do marketing que confundem os leigos.

Leia mais: Vocabulário publicitário | Conheça os principais termos utilizados.

Saiba apresentar as suas ideias para os clientes

Vai ser difícil colocar uma ótima campanha em prática se você não conseguir convencer o cliente de que ela é uma boa ideia. Essa é a hora de persuadir seu cliente, de vender suas ideias, para que ele entenda como a campanha criada se relaciona com as demandas que ele trouxe antes.

Por exemplo, se o contato for não presencial, enviando por e-mail ou mesmo WhatsApp, você não vai apenas informar que é a peça tal. Fale sobre a peça e como ela está inserida em toda a campanha e como ela impactar o público-alvo, isso vai tornar a aprovação mais rápida, inclusive.

Afinal, quem manda é o cliente, então, ele precisa entender a proposta e aprová-la. Desse modo, sua capacidade de fazê-lo entender a ideia é fundamental para não perder tempo tendo de refazer.

Procure compreender o setor do seu cliente

Sabemos que o mercado tem comportamento diferente quando analisamos setores diferentes, por exemplo, setores alimentícios e cosméticos possuem perspectivas diversas. Dessa forma, compreender as especificidades do setor vai ajudar a criar campanhas melhores.

Por isso, tenha conhecimento também sobre o modelo de negócio referente à campanha que está em andamento. Assim fica mais fácil entender o que dá lucro nesse nicho e, claro, aperfeiçoar a comunicação. Sem contar a credibilidade que sua agência ganha falando sobre o setor do cliente.

Viu? Nem só de “marketês” formamos uma reunião, não é mesmo? Vimos o quão importante é ouvir, compreender e falar com o cliente da maneira certa. A sua agência tem muito a ganhar se seguir essas dicas, a fim de produzir peças condizentes com a demanda da clientela.

Isso porque quando melhoramos a comunicação com os nossos clientes, aumentamos as chances de entregar exatamente aquilo que eles queriam. Claro que com um toque todo especial que apenas profissionais podem trazer, mas sem fugir das demandas que o cliente trouxe.

O que torna todo o processo muito mais rápido, com menos necessidade de refazer peças e criar muitos ajustes. Pense que a comunicação nesse caso pode impactar em todo o processo de geração da campanha e publicação das peças geradas.

Então, seja com estratégias da comunicação, de vendas, enfim, abuse de técnicas que melhorem o relacionamento com seus clientes na agência. Sabemos que isso pode impactar na qualidade do seu trabalho, na fidelização e captação da clientela.

Gostou do post? Então, compartilhe em suas redes sociais!

Curti 0
Não curti 0
Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?