fbpx

A pandemia da COVID-19 e as políticas de distanciamento controlado sugeridas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), trouxeram muitos desafios em todos os setores de desenvolvimento econômico. Isso gerou mudanças drásticas na forma como as atividades laborais são executadas nas empresas, não vistas desde a Segunda Revolução Industrial e posteriormente, com a crise do petróleo no ano 1970.

Alguns setores foram mais afetados, como por exemplo: centros comerciais, lojas físicas, sistema de transporte de abastecimentos e certas áreas dos serviços públicos. Resultado da pouca ou quase nula adaptabilidade no contexto atual.

Em contrapartida, outros segmentos como o de desenvolvimento de software entraram de forma mais proativa na rotina do Home Office. Devido à experiência de aproximadamente cinco anos com este formato de trabalho. Mudanças já vinham sendo observadas no estilo de recrutamento de alguns profissionais essenciais que não eram encontrados com facilidade no mercado laboral local.

Dessa forma, as atividades executadas nesta categoria já estavam migrando do ambiente de trabalho formal para os espaços remotos, dando origem ao termo tão conhecido hoje em dia: Home Office.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/produtividade-guia-passo-a-passo-para-melhorar-a-da-sua-agencia/

Novos hábitos para os funcionários e para as empresas

Estas mudanças geraram novos hábitos nos funcionários, antes acostumados a sair de casa, chegar ao escritório, bater o ponto e começar as atividades agendadas para o dia. Agora, muitos deles contam com uma única opção: trabalhar de casa.

Por isto, os empregados se depararam com a necessidade de adaptar ou criar uma área exclusiva para executar suas ações. Ao mesmo tempo, as empresas tinham que fazer frente a algumas preocupações e um questionamento central: como manter a produtividade, a eficiência e incentivar o trabalho em grupo neste novo modelo de trabalho?

Neste artigo, será abordada a produtividade em meio a esse novo cenário, retratando as vantagens e desvantagens que vão se apresentar nesse modelo. Também, serão mencionadas algumas recomendações de ferramentas que poderão ser utilizadas para gerenciar as suas tarefas.

Confira algumas vantagens

Em um primeiro momento vamos citar algumas vantagens, que favorecem aos funcionários e empresas de forma direta ou indireta:

  • Os funcionários dispõem de maior liberdade na execução das suas tarefas;
  • O tempo de deslocamento não existe mais;
  • Um estudo efetuado pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts e publicado na Revista Forbes mostrou que nas reuniões virtuais, mais pessoas estão participando e compartilhando ideias.
  • Os planejamentos da pauta nas reuniões virtuais não excedem o limite de tempo estabelecido pelo moderador;
  • As empresas têm conseguido redução nos gastos operacionais: aluguel de ambientes físicos, pessoal de limpeza, móveis de escritório, serviços de Internet, entre outros tipos de despesas.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/como-o-uso-de-um-sistema-pode-impactar-na-produtividade-da-agencia/

Confira algumas desvantagens

Aqui serão enumeradas algumas desvantagens que podem acontecer ao aplicar este novo formato de trabalho:

  • As distrações presentes no ambiente laboral são substituídas pelas interrupções domésticas: uma visita inesperada, queda de energia, falta de água. Se você tem filhos ou mora com seus pais, terá um desfio maior, já que eles não compreenderão facilmente as mudanças que você está experimentando no seu novo espaço;
  • Você terá que criar uma infraestrutura ou adaptar um espaço físico no seu lar para adequar o seu novo ambiente de trabalho;
  • É preciso estar atento ao gerenciamento de protocolos de segurança, pois ao trabalhar num ambiente virtual você deverá garantir a proteção dos dados no momento da conexão com a sua empresa, minimizando qualquer risco de invasão e vazamento de informações;
  • As métricas de desempenho são os indicadores usados pela empresa para monitorar seu rendimento no horário de trabalho. Isto pode gerar uma dor de cabeça para muitos funcionários não adaptados com este sistema de avaliação;
  • Funcionários novos podem apresentar dificuldades para acompanhar as tarefas, em decorrência da falta de treinamento;
  • A pouca adaptabilidade dos novos colaboradores está ocasionando acúmulo de tarefas para os profissionais mais experientes. Gerando aumento de jornada de trabalho para a equipe mais antiga, ocasionando um desgaste desnecessário e muitas vezes períodos de afastamento.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/dicas-para-evitar-problemas-de-produtividade/

Recomendações para melhorar o Home Office

Para finalizar a publicação desta semana, serão destacadas algumas considerações a respeito da dinâmica da produtividade no Home Office:

  • A criação de um espaço de trabalho é importante, desta forma você garante o clima mais propício para executar as tarefas;
  • Organize e planeje sua agenda de trabalho. Isso pode ser efetuado com o auxílio de algumas ferramentas disponíveis para diversas plataformas, com as quais você conseguirá hierarquizar as tarefas pela ordem de prioridade. Alguns exemplos que podemos citar: Agenda do Google, Evernote, Momentum, Optimized, Remember the Milk, Agenda da Microsoft, entre outros recursos.
  • Entre uma atividade e outra, você precisa incluir um período de descanso. Pode usar como referência a “técnica pomodoro”, que se baseia num intervalo de trabalho de 25 minutos e um período de descanso de 5 minutos. Garantindo eficiência na execução, independentemente, do grau de dificuldade da tarefa;
  • Os psicólogos indicam a implantação de um sistema de recompensas ao concluir uma tarefa. Recomendam esse tipo de atividade, já que estimula um bom clima laboral, aumentando a autoestima do profissional e também favorece o incremento no desempenho do trabalhador, além de promover a criatividade;
  • Devem ser estimuladas reuniões em equipe. Elas não estão limitadas ao planejamento do trabalho da semana, mas também devem servir para fomentar o intercâmbio de experiências e promover a socialização entre os funcionários da empresa de forma horizontal.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/8-dicas-home-office-para-produzir-mais-trabalhando-em-casa/

Qual a sua experiência com o Home Office?

Agora que o trabalho remoto veio para ficar, leve em consideração que só um de cada cinco Brasileiros pode efetuar este tipo de atividade do conforto do seu lar. Se você está entre eles e conhece as nossas dicas para melhorar e otimizar seu Home Office, não perca tempo! Já inclua na sua rotina diária.

Continue lendo: https://www.publi.com.br/5-dicas-para-gerenciar-o-seu-tempo-no-home-office/

Compartilhe a sua experiência, aguardamos os seus comentários!

Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?