fbpx

A gestão de um negócio, seja qual for o segmento e o tipo de atuação, é sempre um desafio. Por isso, é importante que os responsáveis pelo andamento da empresa conheçam diversos conceitos, para poder aplicá-los e, assim, ganhar rendimento. E um dos principais pilares da gestão é focar em uma experiência de qualidade para o cliente.

Neste sentido, surge o chamado CRM, sigla para Costumer Relationship Management (em tradução livre português Gestão da Relação com o Cliente). Como o nome já indica, este conceito parte da ideia de que o foco da atuação de um negócio precisa ser o consumidor do produto ou serviço ofertado. Falaremos com mais detalhes a seguir.

Leia mais: Sistema de gestão pago ou gratuito? Qual a melhor opção?

O que é CRM

Como já explicamos ao falar sobre o nome, o CRM é o conceito pelo qual uma empresa cria uma estratégia com foco no cliente, na satisfação de quem estará do outro lado, consumindo o produto oferecido pelo negócio.

A ideia é usufruir de ferramentas de gestão que permitam um maior conhecimento sobre o público. Com mais dados e informações, é possível traçar planos mais capazes de atrair pessoas e, uma vez conquistado o cliente, mantê-lo por mais tempo ao lado.

Para isso, o CRM busca sempre a satisfação do cliente em primeiro lugar. Conhecer com quem a empresa fala é o primeiro passo, mas, uma vez atraído, a pessoa ou grupo precisa se sentir confortável e feliz com o serviço que está recebendo. Criar estratégias para isso também é parte do que forma o Costumer Relationship Management.

Importante ressaltar que a tecnologia é uma grande aliada de quem investe no CRM. Existem softwares e programas de gestão focados em melhorar esta área. E, na prática, como é preciso trabalhar com dados e personalização de serviços para agradar diferentes clientes, é basicamente impossível ter sucesso sem usar um sistema de gestão focado nesta estratégia.

Resumindo: o CRM é a estratégia que a empresa assume para satisfazer seus clientes, fazendo com que eles tenham plena satisfação e isso impacte positivamente a marca e o negócio, em todos os sentidos. A premissa é: a partir do momento em que alguém se interessou pelo serviço, esta pessoa/grupo precisa caminhar lado a lado por um longo período de tempo. Com uma boa estratégia de CRM, isso fica mais fácil.

Leia mais: O que é Customer Centric? Conheça tudo sobre a estratégia que coloca o cliente em primeiro lugar

Benefícios do CRM

Sabendo do que se trata o CRM, é hora de falar mais sobre as vantagens que ele traz. Claro, manter os clientes em contato e consumindo os produtos já é um grande benefício advindo desta estratégia, mas há muito mais.

Por exemplo, a possibilidade de bater a concorrência indo além do produto oferecido. Hoje em dia, há muitas empresas em qualquer setor de atuação. Por mais que todas busquem entregar a maior qualidade de serviço, por vezes não é suficiente para manter o cliente.

Afinal, se existem várias boas empresas no segmento, por que ficar sempre com a mesma? E aí o relacionamento, a satisfação faz a diferença. Um bom produto ajuda, mas se o cliente se sentir confortável com aquela marca, se sentir valorizado pela empresa, a chance de ele não pensar duas vezes antes de voltar é muito maior.

Portanto, uma grande vantagem de uma estratégia de CRM bem-feita é garantir superioridade em relação à concorrência, indo além só do produto ofertado.

Antes de seguirmos falando sobre os benefícios do CRM, convidamos o leitor a visitar nosso blog. Temos diversos conteúdos que podem ajudar a entender melhor este e outros assuntos relacionados. Confira outros textos em nossa plataforma e amplie seu conhecimento.

Leia mais: 6 dicas para fidelizar os clientes da sua agência

Desempenho melhor dos setores da empresa

Com o uso de um sistema de CRM, é possível obter dados e informações para conversar de forma mais personalizada com os clientes. Com isso, todo o desempenho da empresa evolui. O marketing tem dados mais concretos para fazer ações eficientes, que realmente conversem com os clientes.

O setor de vendas também fica mais munido para saber quais os pontos principais no convencimento, quais ofertas têm mais chances de serem aceitas, além de estar melhor treinado para fazer um bom atendimento, com empatia e colocando o público em primeiro lugar. Enfim, todo o funcionamento fica melhor a partir da ideia (e da estrutura técnica) de que o cliente fica à frente, sendo o foco de ação.

Ganho de tempo na captação

Captar clientes é um grande desafio das empresas. Com o uso do CRM e de seu sistema, o banco de dados já é mais vasto e, com isso, a própria captação se torna mais eficaz. O perfil dos clientes é conhecido e é possível voltar em pessoas que tenham comprado, mas estejam fora há algum tempo etc.

O fato é que esta parte faz muita diferença. Erros na captação fazem o negócio perder tempo e dinheiro. A gestão fica muito mais completa e bem-sucedida quando este processo ganha velocidade e eficiência. E o CRM é uma das formas mais interessantes de melhorar a aproximação da empresa com os clientes e, assim, garantir que eles se tornem consumidores reais do negócio.

Por fim, mas relacionado diretamente a esta capacidade de captação, outro benefício de usar uma estratégia eficiente de CRM é garantir um banco de dados maior sobre os clientes e, de quebra, com estrutura para que seja mais rápido e prático a busca por informações específicas, que tragam mais substância para uma venda, com a empresa conhecendo melhor o cliente e satisfazendo-o de forma mais clara.

Estas são algumas das vantagens de apostar no Costumer Relationship Management. Além de melhorar a comunicação com os clientes e, assim, ampliar o relacionamento e a satisfação dele, a empresa ganha em capacidade de gestão interna, coleta e armazenamento de dados, captação de novos clientes etc.

Gostou do post? Então, compartilhe em suas redes sociais!

Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?