fbpx

Desde a infância, os indivíduos são influenciados pelo seu entorno social e conforme vão crescendo, o círculo social aumenta. A ampliação do meio social motiva no indivíduo uma adaptação acelerada na tomada de decisões.

Muitas delas são tomadas seguindo as opiniões de outros indivíduos como por exemplo: pais, irmãos, amigos ou pessoas próximas.  

As empresas estão focadas neste processo para promover a venda de produtos e serviços. Nas últimas décadas, estávamos tão acostumados a ser influenciados pelos artistas de cinema, rádio e televisão, por esportistas famosos e também por políticos respeitáveis. Mas com a mudança de século, novos tipos de influenciadores apareceram usando as mais variadas plataformas para se aproximar.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/a-sua-empresa-sabe-como-atrair-os-consumidores-da-geracao-z/

O surgimento e a massificação da Internet trouxeram algumas mudanças. A implementação de novas ferramentas de criação e edição de páginas web favoreceram o nascimento dos primeiros blogueiros.

Os blogueiros são indivíduos que, periodicamente, compartilham suas opiniões sobre diversos assuntos atuais. O surgimento das redes sociais impulsionou um novo tipo de influenciador: o digital influencer.

O influenciador digital tornou uma atividade massiva efetuada pela televisão, rádio e cinema. Num formato mais pessoal baseado inteiramente no interesse do seguidor.

Neste artigo, serão abordados a visão da sociedade sobre o trabalho que o influenciador digital realiza, os tipos de influenciadores e seu impacto na economia.  

Leia mais em: https://www.publi.com.br/anuncios-no-facebook-e-instagram-tudo-o-que-voce-precisa-saber/

Relação entre Influenciador Digital e seus seguidores

Deste modo conseguimos mapear um grupo de usuários nas redes sociais (influenciadores). Que contam com um elevado número de seguidores e a forma em que eles conseguem impactar através de um certo tipo de conteúdo a outros integrantes nas redes sociais.

A relação construída entre Influenciador Digital e seguidor tem sido amplamente observada pelas empresas durante um período longo. Acumulando dados e analisando-os, com a finalidade de identificar o retorno econômico que as empresas podem obter ao contratar um influenciador na difusão e venda de produtos ou serviços de uma determinada marca.    

Uma pesquisa realizada pela empresa alemã Statista, especializada em levantamento de dados, tem reportado que cerca de 40% dos consumidores brasileiros, afirmam que decidem pela compra por meio de um influenciador.

A tendência é que esses números cresçam mais, pois um dos reflexos da pandemia da Covid -19 foi o aumento das compras nas plataformas digitais. Com um mercado digital em crescimento, as empresas continuarão investindo no marketing de influência, o qual gerou no ano de 2021
um lucro de 34,8% no mercado Brasileiro.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/o-que-e-customer-centric-conheca-tudo-sobre-essa-estrategia/

Fatores que impactam na escolha de um influenciador digital

Os influenciadores digitais que são associados com uma marca específica participam de forma ativa na jornada do cliente. Desde o lançamento do produto até a venda.

A escolha de um influenciador digital no mercado vai depender de certos fatores:

• Os valores do influenciador devem estar alinhados com os princípios da marca;

• O nicho que atinge o influenciador deve ser o mesmo ou semelhante com os seguidores da marca;

• O público-alvo atingido deve estar em sintonia com o influenciador;

• O influenciador tem impacto a nível local, estadual ou nacional.        

Desta forma, surgiram vários tipos de influenciadores que agem muito bem nos mais variados segmentos onde eles atuam.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/customer-success-o-que-e-como-aplicar-na-sua-agencia/

Categorias de Influenciadores Digitais

Conheça os sete tipos de influenciadores digitais espalhados pelo mundo:

Top celebridade

Possuem uma elevada audiência (seguidores), um bom engajamento, mas não estão associados a um nicho específico. Normalmente as empresas os contratam para tornar uma marca mais conhecida. Não geram um impacto sobre o volume de vendas, já que não estão associados com um determinado produto.

Fit celebridade

São influenciadores que se destacam pela sua relevância, possuem uma alta audiência e engajamento. Costumam gerar mais resultados para as empresas dando um bom retorno no engajamento, na geração de leads e no volume de vendas.

Autoridade

Estes influenciadores possuem uma baixa audiência, porém bem segmentada e fiel. Especialistas em determinado nicho de mercado sempre estão relacionados com o produto ou marca que representam.

Trendsetter

É aquele que expressa suas opiniões e com isso gera muita autoridade. Normalmente, é um gerador de debates e questionador de opiniões. Pode ser uma alternativa para empresas que desejam atingir um público menor, através de conteúdo bem segmentado.

Jornalistas

Atuantes nos meios de comunicação, costumam ter uma pauta bem variada. Seu engajamento e alcance estão diretamente relacionados ao tipo de assunto. Porém, como boa parte trabalha em grandes mídias, seu conteúdo tem um alcance bem expressivo.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/marketing-no-linkedin-estrategias-para-divulgar-sua-empresa/

Como os influenciadores digitais constroem seus conteúdos

Embora consigam atingir milhares de pessoas, não pense que não há estratégia na forma em que é construído o conteúdo.

Quando uma empresa decide contratar um digital influencer para realizar determinada campanha, antes de tudo, precisa entender muito bem quem é o seu público-alvo. Podendo assim escolher o influenciador que mais se encaixa no seu segmento e orçamento.

É a partir daí, que se define a rede social mais assertiva e o tipo de comunicação que irá fazer para atrair a atenção de seus potenciais clientes.

Atualmente, o tipo de conteúdo de maior alcance estão sendo os vídeos, sobretudo, os vídeos curtos, também conhecidos como “shorts”.

O crescimento de redes sociais como o Tik Tok, o Instagram e o Youtube, mostram que os usuários dão uma maior relevância a conteúdo criado no formato de vídeo.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/marketing-no-tiktok-guia-de-estrategias-para-aplicar-na-plataforma/

Diante disso, o conteúdo deve ser pensado para gerar engajamento e atrair a atenção do público, de modo que o objetivo esperado seja atingido.

Podemos concluir que os temas precisam seguir um conjunto de parâmetros. É importante destacar que existe uma certa limitação em determinados assuntos de alguns nichos de mercados. Isto é, alguns assuntos que não permitem divulgação. O influencer precisa ter cautela com assuntos delicados.

Geralmente, os influencers gostam de fazer publiposts em vídeos e fotos de lifestyle. Com uma legenda bem elaborada e uma foto bem atrativa é possível alcançar bons resultados.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/5-estrategias-de-marketing-digital-para-as-redes-sociais/

Vale a pena contratar um Digital Influencer?

Para esta pergunta, não existe uma simples resposta.

Se faz necessário analisar o cenário atual, o segmento de mercado, o orçamento disponível para todo o período de campanha, entender seu público-alvo e avaliar profundamente o engajamento do influenciador.

Leia mais em: https://www.publi.com.br/tendencias-de-marketing-digital-para-2022/

A sua empresa já contratou um influenciador digital? Compartilhe conosco a sua experiência.

Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?