fbpx

Quem está na área de Publicidade e Marketing sabe a importância do marketing de conteúdo. Afinal, tudo o que fazemos na atualidade precisa de um formato, para que possa ser interpretado pelas pessoas. Em outras palavras, o conteúdo faz parte da nossa vida como um todo, e quando esse processo é voltado para as empresas, entendemos que ele precisa ser estratégico, eficiente, e persuasivo.

Dessa forma, para que as empresas consigam converter clientes, é necessário que a imagem que ela passa mexa com os sentidos dos consumidores, a fim de que entendam que o produto ou serviço oferecido pela marca é diferente de tudo que eles já viram.

E nesse quesito, percebemos a devida importância da estratégia de copywriting, que está sendo cada vez mais utilizada pelos negócios, e está prometendo ser uma tendência cada vez mais tangível dentro do mercado. Quer saber mais sobre o assunto? Nesse post iremos tirar todas as suas dúvidas sobre o conceito de copywriting e tudo que está por trás dessa estratégia! Confira.

Afinal, o que significa o conceito Copywriting?

Direito ao ponto, definimos que o copywriting trata-se de uma estratégia de produção de conteúdo que é unicamente focada em fazer com que o leitor realize alguma ação específica!

Sendo assim, o profissional copywriter deve realizar a escrita do seu texto (copy) pensando em maneiras mais persuasivas, dispondo de gatilhos para despertar o interesse dos usuários leitores, a fim de que possam realizar uma conversão.

Redação publicitária vs copywriting: existe diferença?

De acordo com um dos fundadores do AWAI, Paul Hollingshead, a redação publicitária comum com a construção de uma copy possui características bem distintas.

Caso você não saiba, o AWAI nada mais é do que uma das maiores associações de redatores de copywriters do mundo! Paul ressalta que o copywriting oferece um forte CTA (Chamada Para Ação), enquanto na redação publicitária percebemos a elaboração de um “anúncio de venda suave”.

Em outras palavras, o copywriting costuma ser utilizado para estratégias que estão relacionadas à atração. Um exemplo a citar disso é o processo de Inbound Marketing, onde o processo de venda passa por uma questão onde o usuário precisa ser ainda mais persuadido para realizar uma ação.

Se tratando da escrita publicitária nesse sentido, ela continua permanecendo como uma estratégia voltada para vendas diretas! No entanto, isso não significa que esses dois modelos de fazer vendas sejam totalmente diferentes um do outro.

Conhecendo os dois lados, podemos dizer que o copywriting basicamente “nasceu” da estratégia de redação publicitária, já que esta é mais antiga e mais utilizada nos contextos atuais. Portanto, os dois tipos de escrita são complementares, e suas metodologias estão sempre se misturando.

Principal objetivo do copywriting

Até aqui, já percebemos que o CTA (chamada para ação) é um dos principais elementos que constitui uma boa copy, não é mesmo? Dessa forma, podemos entender que durante a jornada de compra do cliente, é crucial que ele realize uma ação, seja a inserção de e-mail para receber uma newsletter semanal, ler outro artigo do blog, clicar em botão direto para o carrinho de compras, ofertas exclusivas e quaisquer outras estratégias de inbound que a empresa utiliza.

Assim, é a partir desses elementos onde o copywriter tem a capacidade de chamar a atenção dos visitantes de um site/blog, por exemplo, e fazer com que eles sigam as orientações que são dadas, a fim de que realizem uma ação valiosa para a marca.

De forma prática, toda essa estratégia costuma ser realizada por meio da criação de posts de qualidade, bem como whitepapers, infográficos, e-books, entre outros materiais ricos.

Como elaborar uma estratégia eficiente de Copywriting em 2022?

Que escrever bem é essencial, isso já sabemos. Mas, olhando pelo aspecto da copy, ainda não é o suficiente para convencer o usuário que está em contato com seu site ou blog, por exemplo. Por esse motivo, existem 3 processos básicos que devem ser respeitados na questão da produção de conteúdo sob a visão da estratégia de copywriting. São eles:

  • Criar um relacionamento com a marca;
  • Fazer com que os leitores sejam motivados a realizar uma ação mediante a produto ou serviço oferecido;
  • Inspirar os leitores.

Além desses princípios básicos de copywriting, também precisamos encaixar outros elementos importantes para construir um conteúdo interessante e atrativo. Confira algumas dicas!

1. Realize pesquisas de mercado

Antes de tudo, sabemos que um blog não irá se tornar referência em um assunto específico se não houver profissionalismo e autoridade. Ele só será diferente se o conteúdo for realmente incrível e fazer a diferença na vida dos leitores.

Assim, para que consigamos chegar nesse objetivo, precisamos entender o que a concorrência está dizendo sobre esse assunto, e torná-lo ainda melhor.

2. Defina o objetivo da estratégia

Sua publicação ou qualquer outra estratégia de copy não deve ser baseada em “achismos”. Ou seja, ela não deve ser construída de maneira indiscriminada. Por esse motivo, busque concretizar objetivos plausíveis e traçar um caminho para o cliente caminhar dentro do funil de vendas.

Para que possamos auxiliar esse cliente nessa jornada, pode ser fundamental adotar uma prática extremamente comum no mundo publicitário, que é a criação de calendário editorial.

Através desse documento, você poderá organizar a forma em que os conteúdos serão publicados, bem como a quantidade de conteúdos que serão criados para postagens em dias específicos.

3. Otimize os processos

Para tornar a sua estratégia de copy ainda mais eficiente, é necessário otimizá-la. Nesse ponto, percebemos a importância de mesclá-lo aos processos de SEO (Otimização para mecanismos de busca). Em outras palavras, o SEO trabalha a busca orgânica de conteúdos nos motores de busca, como o Google.

Quando inserimos as boas práticas de SEO em um conteúdo, ele oferece um excelente ranqueamento, ou seja, fica entre as primeiras posições nos resultados. Dessa forma, a página terá ainda mais visibilidade e mais cliques. Consequentemente, teremos um número maior de ações sendo feitas de acordo com a estratégia de inbound, mesclada ao copywriting.

Conforme vimos, a técnica de copywriting é de suma importância nos contextos atuais, especialmente em uma época de intensa transformação digital. O mercado está mudando, e com ele, vem as mudanças de comportamento do consumidor.

Acompanhar essa tendência é de suma importância, e esse é um dos principais pilares para se tornar um bom copywriter: estar sempre atualizado para entender a mente do consumidor e promover emoção na mente do público-alvo ao ter contato com uma marca.

Abrir conversa
1
Olá! 👋 Podemos ajudar?
Olá! 👋 Podemos ajudar?